Cadastre seu email e receba informações sobre o CEIVAP.

Newsletter Clipping
       
Noticias

ANA divulga Relatório de Segurança de Barragens



A Agência Nacional de Águas divulgou, em agosto, o Relatório de Segurança de Barragens de 2019 (RSB 2019). De acordo com o documento, no ano passado houve 12 relatos de acidentes e 58 incidentes com barragens em 15 estados – o número é o maior já registrado em relatórios. O mais grave deles aconteceu em janeiro, na cidade de Brumadinho (MG), onde o rompimento da Barragem I do Córrego do Feijão resultou em 270 mortes e mais de 40 mil pessoas afetadas.

A atualização do Relatório traz dados do Sistema Nacional de Informações sobre Seguranças de Barragens (SNISB), que é abastecido pelos 33 órgãos fiscalizadores de segurança de barragens de todo o país. Segundo a publicação, há 19.388 barragens cadastradas e a capacidade de 82% delas é conhecida. Além disso, 44% têm a altura informada e 45% possuem ato de autorização, outorga ou licenciamento.

De acordo com o RSB 2019, houve um aumento na quantidade de barragens que preocupam os órgãos fiscalizadores. As classificadas como críticas chegaram a 156 – número 129% maior em relação à edição anterior do relatório. A publicação também registra um aumento nas ações de fiscalização de segurança de barragens. O total de vistorias in loco, por exemplo, saltou de 920 para 2.168 entre as duas últimas edições.

Sobre o Dano Potencial Associado, foram reportadas à ANA 7.257 estruturas classificadas. Já em relação à Categoria de Risco (CRI), foram apontadas 1.096 barragens. O número de estruturas com CRI e DPA altos subiu 20% em relação às 909 registradas em 2018 na mesma situação.

Para mais informações, acesse aqui a íntegra do Relatório

Com informações da Agência Nacional de Águas



30-09-2020


Outras Notícias

Mais Notícias »