Cadastre seu email e receba informações sobre o CEIVAP.

Newsletter Clipping
Português BR Deutsch English Espanhol
Noticias

GTAOH realiza primeira reunião do ano



O Grupo de Trabalho Permanente de Acompanhamento da Operação Hidráulica na Bacia do Rio Paraíba do Sul para atuação conjunta com o Comitê da Bacia do Rio Guandu (GTAOH) do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP) realizou sua primeira reunião do ano no dia 30 de janeiro. O encontro pôs em contato, por videoconferência, as sedes do CEIVAP, Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Agência Nacional de Águas (ANA), Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CBH-PS)/Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), Companhia Energética de São Paulo (Cesp), Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos (SSRH)/Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A programação incluiu apresentações sobre “Condições hidrológicas e de armazenamento da Bacia do Rio Paraíba do Sul”; “Parecer Técnico Conjunto ANA/SEA/INEA, que dispõe sobre as condições de operação a serem observadas para os reservatórios de Tocos e Santana, no rio Piraí”; “Implantação do novo sistema de captação e adução de água da Ternium Brasil /AEDIN – Associação das Empresas do Distrito Industrial de Santa Cruz”; “Andamento das obras de transposição de Jaguari para o Atibainha”, além de discussões acerca da pauta da próxima reunião do Grupo de Assessoramento à Operação do Sistema Hidráulico Paraíba do Sul (GAOPS).

Atribuições do GTAOH

Instituído pela Deliberação CEIVAP nº 53, de 2005, e revisado por meio da Deliberação nº 211, de 2014, o GTAOH é responsável pelo gerenciamento da operação hidráulica na bacia do rio Paraíba do Sul. Suas atribuições são: antecipar e analisar situações de conflito envolvendo a operação hidráulica dos reservatórios; avaliar e propor soluções alternativas para os critérios de operação hidráulica dos reservatórios do rio Paraíba do Sul e da transposição de água para o rio Guandu, visando ao atendimento dos requisitos quantitativos de água nas bacias; propor formas de garantir o atendimento dos usos múltiplos da água e divulgar informações sobre aspectos quantitativos dos recursos hídricos nas bacias.


Outras Notícias

Mais Notícias »